Uso de antibióticos aumenta o risco de câncer de cólon?

Postado em

Uso de antibióticos aumenta o risco de câncer de cólon?
mão segurando diversos antibioticos

Uso de antibióticos aumenta o risco de câncer de cólon?

Nos últimos anos, o uso de antibióticos aumentou drasticamente em todo o mundo. Alguns estudos sugerem que a exposição precoce e prolongada a antibióticos pode estar associada ao desenvolvimento de doenças crônicas. Agora, um novo artigo investigou a questão em relação ao risco de adenoma colorretal.

Para o novo estudo, publicado no British Medical Journal, pesquisadores avaliaram prospectivamente a associação entre o uso de antibióticos entre os 20 e 39 anos e 40 e 59 anos (avaliado em 2004) e seu uso recente (avaliado em 2008) com o risco de adenoma colorretal subsequente entre 16.642 mulheres com idade ≥ 60 anos, inscritas no estudo Nurses’ Health, que se submeteram a, pelo menos, uma colonoscopia até 2010.

No total, foram documentados 1.195 casos de adenoma. O aumento da duração do uso de antibióticos entre 20 – 39 anos (tendência de p = 0,002) e 40 – 59 anos (p tendência = 0,001) foi associado a um risco aumentado de adenoma colorretal.

Em comparação com as que não usaram antibióticos, as participantes que usaram antibióticos por ≥ 2 meses entre os 20 e 39 anos tiveram um odds ratio [OR] multivariável de 1,36 (intervalo de confiança [IC] = 95%: 1,03 a 1,79), e entre os 40 e 59 anos tiveram [OR] multivariável de 1,69 (IC de 95% = 1,24 a 2,31).

As associações foram semelhantes para os adenomas de baixo risco versus alto risco (tamanho ≥ 1 cm, com histologia túbulo-vilosa/vilosos ou ≥ 3 lesões detectadas), mas pareceram modestamente mais fortes para os adenomas proximais comparados com os distais. Em contraste, o uso recente de antibióticos nos últimos quatro anos não foi associado ao risco de adenoma (tendência de p = 0,44).

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que o uso prolongado de antibióticos no início da idade adulta foi associado com o aumento do risco de adenoma colorretal, um precursor para a maioria dos casos de câncer de cólon. Eles destacam que essa conclusão é biologicamente plausível, devido aos efeitos dos antibióticos no microbioma do intestino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s